the like button " />

As bactérias probióticas

bactériasOs probióticos são um tipo de alimento considerado funcional. São micro-organismos vivos, bactérias benignas, que produzem ácido lático e, quando ingeridos, exercem efeitos benéficos como garantir a saúde do intestino, afastar o câncer e fortalecer o sistema imunológico. Também fabricam vitaminas do complexo B e até fibras solúveis.  Como precisam de uma alta concentração de lactose para se desenvolverem, os probióticos geralmente são encontrados em produtos lácteos, como os leites fermentados. Dentre os micro-organismos mais comuns estão leveduras e os lactobacilos.

A flora intestinal é composta de 100 trilhões de bactérias, divididas em duas principais classes: firmicutes e bacteroidetes. As primeiras são mais resistentes à ação do sistema imunológico. As segundas, além de mais vulneráveis, estimulam as células de defesa a produzir substâncias anti-inflamatórias. Um organismo saudável contém os dois tipos em quantidades semelhantes.

Outras bactérias também se revelam importantes para um organismo saudável. Elas não alcançam o intestino, por isso não podem ser classificadas como próbióticas. Estamos falando da Streptococcus thermophilus, por exemplo, e de outras que entram na composição de produtos lácteos e se alimentam de proteínas e da lactose, o açúcar do leite. Além de conferir sabor e textura a iogurtes e queijos, essas bactérias produzem vitaminas, como o ácido fólico e a B12. Elas também fabricam um tipo de fibra solúvel que beneficia o intestino.Probióticos

Uma das principais atividades das bactérias intestinais é quebrar e fermentar fibras alimentares, formando os chamados ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que fornecem 5% a 10% das calorias diárias dos seres humanos.

Embora os AGCC sejam fonte de energia, eles promovem emagrecimento, porque inibem o acúmulo de gordura no tecido adiposo, aumentam a energia que o organismo gasta em repouso e a produção de hormônios envolvidos na sensação de saciedade.

Recentemente  pesquisadores descobriram que um desequilíbrio nas bactérias intestinais está atrelado a um processo inflamatório, atalho para a obesidade. O desarranjo permite que fragmentos desses micróbios saiam de seu habitat (os intestinos), caiam na corrente sanguínea e atinjam as células de gordura, alterando seu metabolismo. O passo seguinte é o acúmulo de adipócitos (células de gordura).Por meio de biópsias intestinais feitas em cobaias de laboratório, descobriu-se que os ratos obesos apresentam uma quantidade maior de bactérias da família das firmicutes.

Até hoje não há um consenso em relação à quantidade que deve ser ingerida para obter benefícios. O importante é consumir esses alimentos todos os dias e, se for em jejum, melhor ainda, pois assim as bactérias têm a chance de chegar ao intestino sozinhas, sem a interferência de outras substâncias.

Veja aqui alguns dos benefícios das bactérias probióticas :

No intestino
A maioria das bactérias probióticas é capaz de competir com microorganismos causadores de doenças e, por isso, podem combater a diarreia. Com efeito contrário, também existem bactérias do bem que dão um jeito na constipação, elas liberam certos ácidos graxos de cadeia curta que facilitam o trânsito intestinal. Além disso facilitam o processo digestivo, ajudando a produzir enzimas essenciais para degradar nutrientes complexos, aumentando a assimilação dos mesmos. Normalizam o pH intestinal e, com isso, ajudam a prevenir infecções causadas por fungos, leveduras e bactérias nocivas.

Contra o câncer
As bactérias probióticas provocam a morte, por asfixia, das células anormais. Por isso, diminuem o risco de formação de tumores, Além disso, produzem ácidos graxos de cadeia curta, que são capazes de reparar danos na parede do intestino.

 No sistema imune
Elas também participam da produção das imunoglobulinas, moléculas liberadas pelas células de defesa para combater invasores nocivos. Vale salientar ainda que, se o intestino funciona direito, os nutrientes tendem a ser mais bem absorvidos e, com isto, o sistema imunológico funciona melhor. Ajudam a remover toxinas e diminuem a absorção do colesterol.

Use QR-Code to get this permaking using your Smartphone. QR Code for As bactérias probióticas

Deixe o seu comentário